Manual da Marca

 

 

Nossa Logomarca

No início de 2010, faz-se um estudo para a modernização de marca da escola. A marca atual, em forma de brasão, expressava-se bem em determinada época. Neste tempo, busca-se a simplicidade e elementos definidos. Com a colaboração da designer gráfica Gisele Araujo, com estudo da história e cultura do Angelorum, chegou-se ao que se vê.

Mantiveram-se as cores azul, que simboliza o céu, o infinito, a acolhida, a confiança e a possibilidade de altos voos; vermelho, símbolo do princípio da vida, do amor, da coragem; e a inscrição CSJB, referindo-se à mantenedora, Congregação de São João Batista. A tipografia clara, limpa e minúscula firma que o Angelorum é um espaço de proximidade e amizade. Utilizam-se as asas que lembram os anjos. Porque a palavra Angelorum, em latim = dos Anjos. Os anjos são criaturas próximas de Deus e dos homens, intermediadores entre o céu e a Terra. Assim, também, o Colégio Angelorum, com suas ações, contribui para o desenvolvimento e formação de cada aluno/a. Na mesma figura vê-se também um livro, símbolo da sabedoria e do conhecimento.

O Beato Afonso Maria Fusco, fundador da Congregação das Irmãs de São João Batista, em seus escritos, diz: “Pensaste que temos um anjo da guarda que nos acompanha sempre? É nosso verdadeiro amigo e conselheiro. Nós devemos grande reverência a ele.”

No texto abaixo, o educador e escritor Rubem Alves, expressa com profundidade, o que é a nova marca do Angelorum:

“Há escolas que são gaiolas. Há escolas que são asas.
Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do voo. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o voo.
Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são os pássaros em voo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o voo, isso elas não podem fazer, porque o voo já nasce dentro dos pássaros. O voo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado”.
 (Folha de S. Paulo, Tendências e debates, 05/12/2001).

O Colégio Angelorum quer ser asas, porque encoraja, dia a dia, a descoberta das potencialidades e talentos de cada criança e adolescente que aqui estuda. Portanto, afirma-se que todos os profissionais estão comprometidos a encorajar o voo, até o infinito.

-